Movimento Paz Espírito Santo

Blog

COLETA DE PREÇOS 240/2014 – LOCAÇÃO DE CFTV

Prezados,

Abaixo segue link contendo edital (formato PDF) para contratação fornecedor (pessoa jurídica) para execução dos serviços de locação e manutenção de Sistema de CFTV em duas residências situadas em Vitória/ES.

As informações necessárias à participação no processo estão constando no edital em anexo, e eventuais casos omissos poderão ser tratados por e-mail, conforme orientações no próprio edital.

Atenciosamente,

Movimento Paz Espírito Santo

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR O EDITAL COMPLETO

 

 

Posted in: Coleta de Preços, Compras

Leave a Comment: (0) →

Brinquedotecas auxiliam na superação de traumas

Despertar o gosto pela brincadeira através de atividades que estimulem o raciocínio lógico, a sociabilização e a superação de possíveis traumas sofridos na infância é o objetivo da Brinquedoteca, projeto realizado pelo setor de Educação do Viva Rio. O espaço desenvolve atividades lúdico-pedagógicas como jogos, teatro de fantoches, leitura e estimulação a musicalidade. Em um mês de existência, mais de 600 crianças e adolescentes já foram beneficiadas.

O projeto atua em quatro locais: CMS Rinaldo de Lamare, na Rocinha; Casa de Cultura Milton Santos, na Penha; Clinica da Família Manuel Fernandes de Araujo “Seu Neco”, na Pavuna; e Centro de Atenção Psicossocial da Infância (CAPSi) Mauricio de Souza, na Urca. Os três primeiros atendem crianças com faixa etária entre 2 e 10 anos e o último até 18 anos.

Diretora do CAPSi desde 2009, a psicóloga Maria Jacintha Costa de Franca afirmou que a Brinquedoteca contribui no atendimento dos usuários da unidade. “Uma criança não pode ficar em tratamento várias horas. É preciso que ela brinque de maneira livre, pois isso é fundamental para o desenvolvimento psíquico”.

Maria Jacintha ressaltou que, diferente do adulto, a criança nem sempre consegue usar o recurso da fala para verbalizar seus sentimentos e anseios. “O brincar é a maneira que elas têm de expressar o que está acontecendo, o que pensam do mundo e da vida”.

brinquedos2

A forma como os atendidos interagem com os brinquedos mostra que muitos desconhecem os objetos. A diretora, com mais de 10 anos de atuação em Centro de Atenção Psicossocial Infantil, informa que muitas crianças viviam internadas na própria casa, sem acesso a brinquedos e reféns da televisão. “Isso não contribuía para o desenvolvimento deles”. A unidade acompanha casos de grande sofrimento psíquico. São autistas, psicóticos, esquizofrênicos e usuários de crack.

Psicopedagoga e supervisora do projeto, Hellen Ribeiro indica que todas as ações têm com eixo principal o desenvolvimento cognitivo, sensorial, social e criativo, contribuindo para minimizar traumas psicológicos obtidos na infância. “Nesse espaço, elas são estimuladas a explorar as suas curiosidades, ajudando na sociabilização e compartilhamento de alegrias”, afirmou.

A brincadeira é essencial à saúde física, emocional e intelectual do ser humano. Para a coordenadora, brincar é apenas um jeito gostoso de aprender na medida em que é brincando que “a criança mergulha na vida sentindo-a na dimensão de suas potencialidades”. A coordenadora acrescenta que, no mundo contemporâneo, nem todas dispõem de oportunidades reais e iguais de exercerem a infância. “Nesse sentido a brinquedoteca se torna indispensável”.

brinquedos3

Outras duas brinquedotecas irão iniciar as atividades neste mês, no Complexo da Maré e entre a comunidade do Santo Amaro e Tavares Bastos. Coordenador do setor de Educação, o psicopedagogo Alex de Góes sinaliza que esta experiência tem como objetivo ser um diferencial na gestão da estratégia da Saúde da Família. “Esperamos que no ano de 2014, esta prática possa ser replicada em todas as Clinicas de Saúde da Família para que mais crianças e famílias possam ser beneficiadas”, informou.

Fonte: Viva Rio

Posted in: Blog, Inclusão Social, Notícias, Paz

Leave a Comment: (0) →

IV Seminário “Educação e Espiritualidade”

Com o tema central “Educar na Diversidade”, aconteceu no dia 25/09 o IV Seminário de Extensão Universitária “Educação e Espiritualidade”, que trouxe o educador português José Pacheco, idealizador da Escola da Ponte, localizada a 30 quilômetros de Porto, em Portugal, onde conseguiu colocar em prática, desde 1976, métodos que fogem das escolas tradicionais.

Escola da Ponte

Segundo o Prof. Pacheco, o grande desafio é como concretizar uma efetiva diversificação das aprendizagens tendo por referência uma política de direitos humanos que garanta as mesmas oportunidades educacionais e de realização pessoal para todos, promover a autonomia e a solidariedade, operar transformações nas estruturas de comunicação e intensificar a colaboração entre instituições e agentes educativos locais.

Assim, surgiu a apresentação de um projeto que sugere o modelo de escola que já não é a mera soma de atividades, de tempos letivos, de professores e alunos justapostos, mas sim uma formação social em que convergem processos de mudança desejada e refletida, um lugar onde conscientemente se transgride, para libertar a escola de atavismos, para a repensar.

O evento foi uma realização do Movimento Paz Espírito Santo (PAZ-ES), Núcleo de Estudos em Ciência e Espiritualidade (NECE/UFES) e da Federação Espírita do Estado do Espírito Santo (FEEES), e contou com apoio institucional da Pró-reitoria de Extensão (ProEx/UFES), Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE/UFES) e da Associação Médico-Espírita do Estado do Espírito Santo (AMEEES).

Assista ao seminário:

IV Seminário Educação e Espiritualidade – Parte 1 de 2

IV Seminário Educação e Espiritualidade – Parte 2 de 2

 

Posted in: Eventos

Leave a Comment: (0) →
Page 2 of 3 123